cinema

Esquentando motores… Maldita!

Com direção de Tomás Portella, produção de Renata Magalhães e baseado no livro do Luiz Antônio Mello, vem aí… “A Onde Maldita”! Entreguei na semana passada um novo tratamento para o roteiro do longa – o anterior tinha sido escrito em 2012!! É um dos meus roteiro mais antigos, acho que foi o quinto que escrevi – foi muito bom poder voltar à rádio depois de tanto tempo… E pra quem gosta de “deixar o texto descansar” nada como quatro anos, hein?!

18845394571_122cf4da94_k

Luiz Antônio Mello (reprodução exposição Maldita 3.0)

O filme conta a história da rádio Fluminense, rádio rock criada por Luiz Antônio Mello e Samuel Wainer Filho, o Samuca. Rádio que driblava sua colossal dificuldade financeira com criatividade e inovação – e com isso mudou a história do rock brasileiro. Bandas como Paralamas do Sucesso, Legião Urbana e Blitz tiveram suas primeiras fitas demo tocadas lá.

18816667066_006d522576_k

Festa da rádio no Canecão (reprodução exposição Maldita 3.0)

O filme fala de tudo. Das promoções malucas, das bandas, das confusões no estúdio… Tem Circo Voador e tem até Rock in Rio (que no filme é um importante evento que marca a passagem do segundo pro terceiro Ato). Mas não é documentário. Por vezes dois, três personagens reais se transformam num só. Eventos e temas idem, enfim, o velho dilema em adaptações baseadas em fatos reais. É preciso, em primeiro lugar, contar uma boa história. Mas o roteiro ficou redondo, estou muito feliz.

 

18837572922_c937c2963a_o

Ana Murgel, eu, Renata Magalhães, Luiz Antônio Mello e Tomás Portella

 

 

 

 

Padrão
cinema

“Escrevendo Curtas” #1!

Uma boa surpresa: meu primeiro livro, “Escrevendo Curtas” é o livro mais vendido na Amazon na categoria Artes Cinema e Fotografia. Esse ranking deve mudar toda semana, mas foi bom descobrir que meu livrinho segue ajudando roteiristas a entender essa nossa arte de inventar histórias para tela grande!

Compre o seu aqui.

 

SAMSUNG CAMERA PICTURES

O #1 mais vendido!

Padrão
cinema

Próximos filmes!

Esse ano vai acontecer um lance meio louco na minha história de roteirista: chegarão aos cinemas inacreditáveis 7 novos filmes escritos por mim. É fruto de muito trabalho, claro, mas de muita sorte também. Sorte de ter tido a oportunidade de cair em projetos que de fato chegaram até o estágio da filmagem, coisa que nem sempre acontece. Não é incomum ficar dois, três, às vezes quatro anos trabalhando num filme que, de uma hora pra outra, deixa de ser pertinente para os produtores responsáveis – e simplesmente morre. Então é uma grande vitória ter um 2016 com tantos roteiros virando realidade.

São eles:

Suburbano Sortudo Esse chegou aos cinemas em março e foi meu primeiro filme a atingir a marca de 1 milhão de espectadores. Foi também minha primeira parceria com o roteirista superstar Paulo Cursino e o diretor Roberto Santucci. Com Rodrigo Sant’Anna e Carol Castro.

Um-Suburbano-Sortudo_cr-®dito-Pedro-Curi-16

“Um Suburbano Sortudo”, divulgação.

Minha Fama de Mau Esse está sendo editado agora e conta a história do Tremendão Erasmo Carlos, no filme interpretado pelo Chay Suede. Um filme com muito rock n roll!

CHAY-3

Chay Suede / Erasmo Carlos

Shaolin do Sertão Meu primeiro filme com Halder Gomes já está todo montado e, segundo me contaram, o trailer teve boa recepção no Show de Inverno em Campos de Jordão. Assisti a um corte inicial e ri muito! Não foi surpresa com Edmilson Filho protagonizando o longa.

shao_4

Edmilson Filho em “Shaolin do Sertão” (Divulgação)

O Último Virgem Essa comédia teen doida escrevi com Lipy Adler e está prontinho, só falta lançar. Ainda não tem data, mas deve ser logo. Com Fiorella Mattheis, Guilherme Prates e Bia Arantes.

27563-o-ultimo-virgem-620x0-1

“O Último Virgem” (Divulgação).

O Vendedor de Sonhos Escrevi para Filmland Internacional essa adaptação do romance arrasa-quarteirão do Augusto Cury, “O Vendedor de Sonhos”. Dirigido pelo Jayme Monjardim e com César Trancoso e Dan Stulbach no elenco, é o filme que tenho mais curiosidade em assistir. Não vi quase nada, apenas stills do set. Está lindo demais.

51cf05c7ef0bc

César Trancoso

Duas de Mim Outra comédia, essa escrita em parceria com Carolina Castro (“Duas de Mim”) para Migdal Filmes (eles fizeram o meu “Irmã Dulce” em 2014). Este “Duas de Mim” é sobre uma cozinheira que precisa de uma forcinha do universo para dar conta da rotina massacrante em sua vida – eis que ao comer um bolo mágico ela ganha uma cópia. Com a talentosa Thalita Carauta em dose dupla – começa a filmar em poucos dias!

Festa da Firma Escrito a oito mãos (Sylvio Gonçalves, Danilo Gullane, André Pellenz e eu), “Festa da Firma” é meu primeiro longa para os Gullane. Conta a história de Vlad, RP de uma empresa de produtos cosméticos que para mostrar que não é um vagabundo de marca maior resolve assumir a responsabilidade de produzir a festa da firma. Com Marcos Veras e a direção é do André Pellenz.

13115964_10210215902341146_6110957353779242023_o

Marcos Veras no set de Festa da Firma (Reprodução Facebook)

UPDATE: acabei de descobrir que um antigo projeto meu sobre a banda Planet Hemp começa a ser filmado no mês que vem. Não sabia! Quando tiver mais informações posto aqui. A direção é do Johnny Araújo (“O Magnata”).

Padrão
cinema

Festa da Firma: começou!

Escrevo com Danilo Gullane, Sylvio Gonçalves e André Pellenz uma comédia chamada “Festa da Firma”, meu primeiro filme com os Gullane. Esses são os primeiros registros do set de filmagem que roubei de de Facebooks variados. Não sei ainda a data de estreia, mas que venha logo! A direção é do amigo de longa data André Pellenz (“Minha mãe é uma peça”).

13131618_10210172388053316_9066354477321537510_o

André Pellenz (diretor), Giovana Lancellotti, Marcos Veras e Rosanne Mulholland

12036466_10210238860275080_7170492204670718101_n

Set de filmagem (reprodução Facebook)

13151932_10206308499012705_8775030526633732166_n

Padrão
cinema

Visita ao set de “O Vendedor de Sonhos”

Fiz minha usual visita de médico ao set do “Vendedor de Sonhos”, filme produzido por L.G. Tubaldini e dirigido pelo Jayme Monjardim. Não posso publicar muita coisa pra não estragar a surpresa do filme (e tem muita coisa legal pra mostrar), mas aqui vai uma pequena amostra do trabalho incrível que estão fazendo por lá.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Jayme Monjardim

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Meu roteiro todo riscado pelo Jayme

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Monitores mostrando parte do cenário construído para a cena de abertura

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Jayme Monjardim

SAMSUNG CAMERA PICTURES

O trio reunido! L.G. Tubaldini, Jayme Monjardim e eu

 

Padrão
cinema

Vem ai… “Cine Holliúdy 2”!

Pois é. Eu achei o primeiro Cine Holliúdy um filme muito engraçado. E bonito. Achei que o diretor Halder Gomes tinha feito uma espécie de “Cinema Paradiso” cearense e “cheio de gás”, como ele próprio diria. Dava pra ver ali na tela que o filme era um pouco as memórias dele misturado com o humor do Edmilson Filho, ator principal (e gênio de plantão) do longa. Não muito tempo depois tive a oportunidade de conhecer o Halder e trabalhamos juntos no roteiro do “Shaolin do Sertão”, comédia que ele está montando nesse exato minuto.

Eis que no decorrer dos meses em que desenvolvíamos “Shaolin…”, ele sempre falava da continuação do “Cine Holliúdy” – e me convidava para escrevê-lo: “é tu mermo, macho…”.

CORTA PARA:

Três meses depois. Halder, Edmilson e Mayra Luccas (produtora, Glaz Entretenimento) lêem pela primeira vez o roteiro…

…e adoram! Yeah!!!

12841397_10208411175575121_853187886425587752_o

Alegria na leitura de “Cine Holliúdy 2”

Filmagens no segundo semestre!

Padrão
cinema

Começam as filmagens de “O Vendedor de Sonhos”

Finalmente chegou o dia! Hoje começam as filmagens de “O Vendedor de Sonhos”, filme que escrevi baseado na obra do Augusto Cury. A produção é do L.G. Tubaldini, da Filmland, e a direção é do Jayme Monjardim.

Falando do elenco, tenho a oportunidade de trabalhar pela primeira vez com dois atores que admiro demais. Dan Stulbach (“Tempos de Paz“, “A Suprema Felicidade”) e o ator uruguaio César Troncoso (“O Banheiro do Papa”, “Infância Clandestina”). Eu não podia estar mais feliz com esse elenco que ainda traz o super Leo Medeiros (“Não por acaso”), Thiago Mendonça (“2 Filhos de Francisco”, “Tempo Perdido”) e Malu Valle com quem trabalhei no “Irmã Dulce”, talentosa e gente boa ao extremo.

O filme traz uma mensagem positiva sobre valorização do ser humano e a capacidade que temos de nos reinventar.

A equipe de filmagem inclui o diretor de fotografia Nonato Estrela (“Em Nome da Lei”, “Sem Controle”, “Chico Xavier”) e a produtora executiva Heloisa Rezende (“Qualquer Gato Vira-Latas 2”, “Meu Passado me Condena”, “Casa da Mãe Joana 2”, “Não se Preocupe, Nada Vai Dar Certo”). Completam o time a produtora de elenco Marcela Altberg, a diretora de produção Cacala Carvana, a maquiadora Marlene Moura e as figurinistas Rô Nascimento e Diana Leste.

O livro “O Vendedor de Sonhos: O Chamado”, no qual o filme é baseado, é o primeiro da trilogia “O Vendedor de Sonhos” de Augusto Cury. A obra foi lançada em 2008 e vendeu mais de 2,5 milhões de cópias no Brasil e foi publicado em mais de 50 países. Cury, com suas mais de 20 obras publicadas, já cruzou a marca de 26 milhões de livros vendidos no Brasil.

51cf05c7ef0bc

César Trancoso

Dan-Stulbach-acerta-com-ESPN-Brasil-para-apresentar-Bola-da-Vez

Dan Stulbach

Padrão
cinema

Montando um Shaolin

Boas novas direto da ilha de edição do “Shaolin do Sertão”: o filme segue muito bem, obrigado. Cheio de gás, como diria Halder Gomes, diretor do filme. As aventuras e desventuras de Aluízio Lee em breve estarão nas telas de todo Brasil num filme divertido, leve e cheio de piadas malucas. Aguardando ansioso!

12771642_10208244054157190_4264580006936752746_o

Padrão