cinema

Três filmes na lista dos mais rentáveis de 2016

Que bacana! Saiu aquela lista que o FILME B faz todo ano com os filmes mais rentáveis e consegui emplacar três esse ano!

ranking2016nacnovo

Em sétimo, meu filme com Roberto Santucci: “O Suburbano Sortudo”. Em décimo vem o meu filme com Jayme Monjardim “O Vendedor de Sonhos” (que ainda está em cartaz). E por último o meu pequeno gigante, orgulho de 100 salas que conquistou a décima segunda posição e mais de seiscentos mil espectadores… “O Shaolin do Sertão”, do Halder Gomes!

Um-Suburbano-Sortudo_cr-®dito-Pedro-Curi-16

“Um Suburbano Sortudo”, divulgação.

vendedor001

“O Vendedor de Sonhos”, divulgação.

 

edmilson_filho_shaolin_sertao_11

“O Shaolin do Sertão”, divulgação.

Muito feliz! E que venha 2017!

Padrão
cinema

O Segredo dos Diamantes no NOW

Um dos primeiros filmes que escrevi, “O Segredo dos Diamantes”, finalmente chegou ao NOW. Tenho grande carinho pelo filme, dirigido por um dos meus cineastas favoritos, o amigo mineiro Helvécio Ratton, e produzido pela guerreira Simone Mattos. Uma aventura cheia de reviravoltas que terminou por levar o prêmio de Melhor Filme do Juri Popular no Festival de Gramado.

Buscando fotos para o post, esbarrei numa crítica simpática ao filme no site Almanaque Virtual e a reproduzo aqui.

Por Emmanuela Oliveira.

cr-tica5-620x411

Conhecido pela familiaridade com tramas infanto-juvenis após dirigir “A Dança dos Bonecos” (1986) e “Menino Maluquinho” (1995), Helvécio Ratton adiciona no currículo outro filme voltado aos mais jovens. No cenário atual do cinema brasileiro, longas de ficção para crianças e adolescentes entram no circuito pela via da importação e, muito procurados pelos espectadores, inflam as caixas registradoras das bilheterias. Somos inexperientes em filmes do tipo e “O Segredo dos Diamantes” surge como bem intencionada produção destinada a evidenciar essa lacuna. O roteiro debruçado na aventura de caça ao tesouro, tema bastante vívido nos Estados Unidos, berço de “Os Goonies” (1985) e da série “Indiana Jones”, ambos de Steven Spielberg, preserva tenazmente a tradição verde e amarela, uma sensação provocada pelo cenário, pela escolha de Minas Gerais como pano de fundo.

cr-tica2-620x411

O personagem central do filme é Ângelo (Matheus Abreu), um menino de 14 anos que sobrevive ao acidente de carro que vitimou gravemente seu pai. Diante da humilde condição financeira da família, sem dinheiro para transferir seu pai para um hospital mais equipado, Ângelo acredita ter descoberto a solução dos problemas: ele se interessa por uma lenda de tesouros perdidos e decide partir, com a ajuda dos amigos Carlinhos (Alberto Gouvea) e Júlia (Rachel Pimentel), em busca das preciosidades escondidas em algum canto de Minas Gerais. As pedras nada valiosas encontradas no caminho ficam por conta da inexperiência dos atores adolescentes, nota-se que certas passagens pecam na artificialidade. No elenco adulto, Dira Paes, em um papel pequeno, merece destaque em um quadro de desempenhos oscilantes. Com roteiro escrito por L.G.Bayão, roteirista do recente “Irmã Dulce” (2014) de Vicente Amorim, o filme consegue entreter os mais novos sem que para isso seja necessário entediar os adultos. Prova disso é o prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular concedido no 42º Festival de Gramado. Lauro Escorel, profissional estreante na época do Cinema Novo, assina a fotografia impecável do filme. A constante presença da tecnologia é uma das preocupações do roteiro, a aventura de Ângelo é guiada não somente por um antigo manuscrito, mas também por um smartphone, mais um ponto de identificação para o público alvo. Isolado nas salas de cinema como uma raridade, “O Segredo dos Diamantes” é ficção infanto-juvenil nascida em terras brasileiras, agora resta ao público empreender a descoberta.

 

 

Padrão
cinema

Motorrad na ComicCon 2016

Meu segundo filme para a Filmland International se chama “Motorrad”, um thriller de ação que promete arrebentar nas telas em 2017 – e para lançar oficialmente o projeto, os produtores L.G. Tubaldini e André Skaf escolheram a Comic Con Experience em SP para que fosse exibido pela primeira vez nosso teaser trailer. Ainda de quebra participamos de um painel dedicado ao filme cuja mediação foi do crítico Rodrigo Fonseca.

Sempre quis ir à Comic Con – e como eles tanto disseram no material promocional do evento… FOI ÉPICO!

Eis o teaser trailer:

15272027_10154800796864628_3297612045484573596_o

Rodrigo Fonseca, eu, Danilo Beyruth, Vicente Amorim, L.G. Tubaldini, André Skaf, Carla Salle e Guilherme Prates. Divulgação

15304562_10154800796869628_4213574749451073086_o

Divulgação

ccxp-2016

Eu e Tuba, o produtor. Foto do Vicente Amorim.

Padrão
cinema

‘O Shaolin do Sertão’ ARREBENTA nas bilheterias do Ceará!

Notícia boa. Boa não… ESPETACULAR! Exibido apenas em salas de cinema cearenses, ‘O Shaolin do Sertão’ chega a cerca de 55.000 espectadores (!). É isso aí! Estou muito feliz com isso já que meu objetivo principal ao entrar no projeto era entregar ao Halder Gomes, diretor do filme, uma história que buscasse encantar o público do Ceará como o “Cine Holliúdy” encantou. Eu sou fã do cara – e queria acertar.

Acertei. Com o primeiro lugar nas vinte salas de cinema cearenses em que é exibido, “O Shaolin do Sertão” ocupa o sétimo lugar no ranking de público do país. Sétimo! E só nas vinte salas do Ceará! Para se ter uma ideia do tamanho da nossa conquista, o nosso longa metragem vence, no Estado, o líder nacional do ranking, “Inferno”, que traz Tom Hanks como protagonista. O “Shaolin do Sertão” leva 10 vezes mais público que o filme baseado na obra de Dan Brown. A estreia de “O Shaolin do Sertão” bate inclusive a de “Cine Holliúdy”, com quase o dobro de público.

UPDATE: dos 55 mil espectadores chegamos a meio milhão… e com apenas 150 salas! É um fenômeno, esse filme. E continuamos subindo…!

dp5a78982016

 

Padrão
cinema

‘Vendedor de Sonhos’ na Revista Veja

Matéria que saiu na Veja sobre o nosso ‘Vendedor de Sonhos’. O cartaz já está por aí e o trailer sai em breve!

14372383_1651740248488822_8875694817486430358_o-11-50-12

Dan Stulbach sobre ‘O Vendedor de Sonhos’: ‘Aprendi muito’

Ator retorna aos cinemas este ano com adaptação do best-seller de Augusto Cury

Por Raquel Carneiro

O ano de 2016 começou agitado e conturbado para Dan Stulbach. O ator e apresentador, que rescindiu o contrato com a Band em março, três meses após o anúncio do fim (ou hiato) do programa CQC, entrou em uma intensa agenda de filmagens do filme O Vendedor de Sonhos, adaptação do best-seller de mesmo nome de Augusto Cury, dirigido por Jayme Monjardim.

“Foi uma experiência muito boa. Um processo interessante e intenso. Filmamos todos os dias durante dois meses”, diz Stulbach. Na trama, o ator interpreta Julio César, um psicólogo que decide se matar. No alto de um prédio, pronto para se jogar, ele é interrompido por um desconhecido (César Troncoso) que o questiona sobre a vida e especialmente a decisão de desistir de tudo.

“Logo na primeira cena, meu personagem quer se matar. Para não ficar vazio, trouxe o dilema do livro para mim. Repensei minha vida. Aprendi muito. Refleti sobre as questões escritas pelo Cury, como o vazio, a caminhada, as agonias do dia a dia e os momentos em que pensamos em desistir. Pensei várias vezes em desistir quando era mais novo. Então, não tem nada ali no filme que não seja pessoal”, conta, antes de arrematar: “É o filme mais bonito que o Jayme já fez”.

Padrão
cinema

Último Virgem ganha nova data de estreia!

96998c32867113-5696a080070fc

Baseado na peça escrita por Lipy Adler, “O Último Virgem” é um roteiro que escrevi (em parceria com Adler) que finalmente ganha sua data definitiva de estreia: 1 de Dezembro. Para celebrar, fizemos uma exibição-teste na Paramount Pictures e foi a maior festa!

14435219_10210691883281028_5739075738752675200_o

André Blak, Rilson Baco, Fiorella Mattheis, Lipy Adler, André Ramiro, Gabi Lopes, Felipe Bretas e eu.

Com Guilherme Prates, Bia Arantes e Fiorella Mattheis. Direção do Rilson Baco e do Felipe Bretas. Distribuição da Downtown Filmes/Paris Filmes.

Padrão
cinema

Shaolin do Sertão ganha trailer

Aos poucos vai chegando a data de estreia do “Shaolin do Sertão”, meu filme com Halder Gomes e Edmilson Filho. E com isso é lançado… o trailer! E o bichin ficou ‘joiado’ como diria Aluízio Lee, protagonista do longa.

Estreia em 13 de Outubro!

Padrão
cinema

Alexandre Guerra e a música de “Vendedor de Sonhos”

O diretor Jayme Monjardim publicou em sua conta do Instagram alguns registros do trabalho de Alexandre Guerra, compositor do filme “Vendedor de Sonhos”.

Um lindo trabalho que vai chegar às telas em dezembro de 2016.

 

Um pouco mais de trilha do Vendedor de Sonhos em Dezembro 2016

Um vídeo publicado por Jayme Monjardim (@jayme_monjardim) em

Padrão
cinema

“Motorrad”… filmagens iniciadas!

13909152_10208757158597709_8341580616534792387_o

Começaram as filmagens do meu novo filme. Trata-se de um roteiro que escrevi para o L.G. Tubaldini (o mesmo produtor do “Vendedor de Sonhos”). Um thriller de ação com muito suspense e reviravoltas inacreditáveis… É dirigido pelo Vicente Amorim e conta com um elenco incrível: Guilherme Prates, Carla Salle, Emilio Dantas, Juliana Lohmann, Rodrigo Vidigal, Pablo Sanábio e Alex Nader.

motorrad

vicente_amorim_no_set_de_motorrad

Separei também alguns registros tirados dos instagrams dos atores.  Apesar da dificuldade de rodar um filme de ação no meio do nada, parece que o clima anda bom por lá.

Good vibes!!

Captura de Tela 2016-08-05 às 19.05.02

Carla Salle (Instagram)

Captura de Tela 2016-08-05 às 19.05.33

Emilio Dantas e elenco (Instagram)

Captura de Tela 2016-08-07 às 19.05.59

Juliana Lohmann e Carla Salle (Instagram)

Captura de Tela 2016-08-05 às 18.44.54

Elenco (Instagram)

Captura de Tela 2016-08-05 às 19.06.02

Rodrigo Vidigal e Guilherme Prates (Instagram)

Padrão
cinema

“Maldita”, 1ª leitura de roteiro

Ontem rolou uma antológica primeira leitura do roteiro do “Maldita”, filme que escrevi sobre a criação da rádio Fluminense, rádio rock emblemática que mudou os rumos do rock brasileiro ao lançar Legião Urbana, Titãs, Blitz, Celso Blues Boy, Paralamas do Sucesso e muitos outros.

IMG_20160721_114813716

IMG_20160721_114826317

O roteiro foi escrito tendo como base o livro de Luiz Antônio Mello, “A Onda Maldita”, que criou a rádio junto com Samuel Wainer filho, o Samuca. O livro é uma coleção de histórias hilárias sobre como a rádio ganhou sua fama apesar de todos os obstáculos que encontrou pelo caminho. Muitas dessas histórias entraram no filme, que contou com um plot adicional (e importante) que é a história de amor do Luiz Antônio com um locutora fictícia.

IMG_20160721_114834798

A leitura se deu com uma trupe de atores realmente especial – leram Johnny Massaro, George Sauma, Julia Stockler, Marina Provenzzano, Flora Diegues, Saulo Arcoverde, Felipe Haiut, André Dale e Joana Castro. Como ainda temos uma longa caminhada até a data de filmagem, não sei quantos deles estarão disponíveis para rodar o longa com a gente, mas torço para que todos voltem.

 

IMG_20160721_143353575

Cacá Diegues, Renata Magalhães e Ana Murgel estavam conosco e o clima era muito positivo – estamos nesse projeto desde 2010. Renata leu as rubricas.

img_wear_1469122960142

Tomás Portella, diretor e brother de todas as horas, comandou tudo com aquela simpatia de sempre.

Foi muito bom poder ouvir o roteiro, enxergar as cenas que funcionaram, consertar as que não funcionaram… Ajuste, reescrever, ajuste…

Rock n roll!

13700195_484211555123125_1854295180165004648_n

Luiz Antônio Mello, Tomás Portella, Ana Murgel, Renata Magalhães, Cacá Diegues, Felipe Hauit, Marina Provenzzano, Flora Diegues, Johnny Massaro, George Sauma, Julia Stockler, André Dale, Saulo Arcoverde, Joana Castro, eu e Raoni Seixas.

Padrão